ATT começa a operar a linha para o CAB

Com a chegada do metrô ao Centro Administrativo da Bahia, um belo local onde fica a sede do governo estadual e que deveria ser um ponto turístico por causa de sua beleza (há sedes de governo que são pontos turísticos pelo mundo), a linha CAB Circular, operada até então pela extinta Axé, acabou. Com isso, funcionários do CAB e usuários dos serviços oferecidos pelas instituições ali instaladas se sentiram prejudicados.

As reclamações deram certo e uma nova linha foi criada para substituir a antiga CAB Circular: a Circular CAB/Metrô. O curioso que a linha tem muito a ver com Niterói, a cidade onde moro atualmente, após quase 20 anos de moradia na capital baiana.

Para operar a linha em caráter emergencial, foi alugado o serviço da intermunicipal Asabela, qe opera linhas para Água Branca. Na frota urbana, a Asabela usa não apenas carros da niteroiense Pendotiba como também a pintura. Ao mesmo tempo em que a Asabela operava como emergência, uma licitação foi feita para escolher a empresa definitiva e a ATT, empresa tradicional no ramo de fretamento, acabou ganhando.

E sabe qual empresa a ATT recorreu para comprar os excelente carros (detalhe: refrigerados e confortáveis, com poltronas de interurbano)? Da Pendotiba, ora. A mesma que forneceu os carrs da Asabela que operavam a linha como emergêncial.

É curioso ver que a Pendotiba indiretamente "opera", metaforicamente falando, a linha por meio dos carros que ela havia adquirido para si. E observando bem as fotos, a linha teve um grande ganho de qualidade, oferecendo real conforto para as pessoas que se deslocam todos os dias para o CAB.


Comentários